No inicio de 2014 foi lançado um cliente de folding que permite foldar usando o Google Chrome. É simples, rápido e não precisa da instalação de qualquer software adicional, tornando o folding numa tarefa que pode executada em qualquer computador que tenha o Chrome instalado. Embora seja muito fácil de usar, alguns newbies têm questões sobre ele. Neste post vou falar nos prós e contras e em como usa-lo.

Folding Icon

Antes de começar e para que este post faça sentido, é importante saber o que é o folding. TL;DR: O folding permite ajuda a comunidade científica a perceber melhor como é que doenças como o cancro, alzheimer, diabetes, parkinson, etc, funcionam. O objectivo final é encontrar soluções para estes problemas de saúde que podem afectar qualquer pessoa.

Prós e Contras de Foldar com o Chrome

É possível foldar usando um cliente para Windows (… Mac, Linux, etc) ou usando o Google Chrome. O cliente é bom numas situções, o Chrome é melhor noutras.

Prós:

  • Foldar usando o Google Chrome é muito mais simples;
  • As Work Units (tarefas) são mais pequenas, por isso terminam mais depressa (bom para hardware fraco);
  • Não requer nenhuma configuração avançada;

Contras:

  • O Chrome usa apenas o CPU (processador) enquanto que o cliente permite usar também GPU’s (placa gráfica);
  • Com o Chrome não é possível entrar em betas ou configurar vários aspectos que podem influenciar na performance do folding;

Por outras palavras, se estiveres a usar um portátil, um computador antigo ou um computador com hardware “fraco”, usa o Google Chrome. Se tiveres um computador potente, usa o cliente.

Username, Equipas, Passkey?

Antes de mostrar como foldar com o Google Chrome, uma pequena nota sobre as equipas, username e a passkey.

É possível foldar de forma anónima ou com uma equipa. Com uma equipa podes acompanhar os pontos que produzes (os pontos são atribuídos ao teu username) e ajudar a tua equipa a competir com outras. É apenas uma forma de dar alguma piada ao folding.

A passkey é uma camada adicional de segurança. Caso exista algum problema (ex: alguém que tenta foldar em teu nome e “enganar” o sistema”), os pontos produzidos usando a passkey ficam seguros. Para compensar este pequeno passo adicional, são atribuídos pontos extras por cada WU entregue rapidamente.

Como Foldar Usando o Chrome

Para começar só tens que abrir uma nova tab e aceder a este URL:

Se o Chrome estiver na versão mais recente, uma Work Unit (WU) será logo descarregada. Antes de fechar o browser, é necessário esperar que a WU termine.

Nesta página é possível configurar algumas coisas. Embora seja opcional, demora apenas 1 ou 2 minutos para configurar:

  • “Folding as”: Escreve um nome qualquer (ex: primeiro e ultimo nome, nickname, etc). Eu uso “celsoazevedo”. Assim é possível acompanhar o número de pontos que produzes (podes ver as minhas stats aqui);
  • “For team”: Escolhe uma equipa. Existem várias, eu por exemplo estou na equipa Portugal@Folding. O ID desta equipa é o 35271, é este número que coloco neste espaço;
  • “With passkey”: A passkey adiciona uma protecção adicional ao teu username. Se ainda não tens uma, podes criar uma nesta página. A passkey é enviada para o teu email;

No fim clica em “Save” para guardar a informação.

Mais em baixo, em “Folding Power“, podes também controlar o nível de recursos que o folding pode consumir. Se não estiveres a usar o teu computador, deixa em “Full“, se estiveres, talvez podes deixar em “Light” para não sentires nenhuma lag.

Fica aqui um exemplo da página já configurada e a foldar como dever ser:

Folding Chrome

O que fazer para parar o Folding?

Caso queiras desligar o teu computador ou fechar o browser, podes fechar a tab onde o Folding está a ser feito. Um “popup” vai ser mostrado com duas opções:

  • Sair da página“, o browser (ou tab) é encerrada independentemente do progresso da wu, perdendo-se os cálculos já efetuados;
  • Permanecer nesta página“, a página é mantida aberta e para após os 100%, ou seja, conclui a Work Unit, envia-a e faz Stop ao folding (a tradicional flag -pause), podendo-se depois fechar o browser/tab sem se perder os cálculos já efetuados.

Depois, quando quiseres voltar a foldar, abres novamente a página (os dados – username, team, etc – já devem estar em cache) e é só deixar foldar normalmente.

Como é fácil se esquecer disto, sugiro que adiciones o URL da página aos bookmarks.

FAQ – Perguntas frequentes:

– Posso usar outro browser para contribuir? Firefox ou o Edge, por exemplo?

Infelizmente não. Neste momento o Google Chrome é o único navegador que suporta a tecnologia necessária (NaCl) para que o folding seja feito numa janela normal do navegador, é por essa razão que o Chrome é requerido.

– Devo deixar o Chrome e o Cliente para Windows/Mac/Linux a foldar ao mesmo tempo?

Não. Tanto o Chrome como o Cliente são capazes de tirar o máximo proveito do processador. Ao ter dois programas a lutar pelos menos recursos, cada work unit vai demorar mais tempo a ser completada. Isso resulta numa contribuição mais lenta e em menos pontos para o user e equipa.

Dúvidas? Sugestões? Deixa um comentário!